Grupos de inter-ajuda

Reuniões de grupo semanais com o objectivo de partilhar experiências que ajudam a reduzir sentimentos de tristeza, revolta, isolamento e, ao mesmo tempo, optimizar os recursos desenvolvendo um plano para a manutenção do estado de saúde.

.

Introdução

.

A vivência da seropositividade ao VIH, dada as suas múltiplas implicações, orignia situação de stress crónico nas pessoas afectadas. A psiconeuroimunologia tem-se debruçado e apresentado resultados que apontam para uma associação entre o stress crónico e a doença física, associação essa com efeitos imunosupressores (COATEST, 1989 : ECHOLT-GLASER, 1988).

Para além disso, tem sido demonstrado que a psicoterapia pode ter um efeito reforçador do sistema imunitário e melhorar a qualidade de vida dos doentes crónicos (BLIEMEISTER,1992: PERREZ, 1992).

A Liga Portuguesa Contra a Sida tem disponível desde Outubro de 1993, um serviço gratuito de aconselhamento e psicoterapia individual a pessoas afectadas por esta problemática.

.

Objectivos:

.

1. Criar um espaço seguro, assegurando a confidencialidade, de inter-ajuda para partilha de experiências comuns, redução de sentimentos de isolamento e adopção de comportamentos seguros para a manutenção do estado de saúde.

2. Diminuir o sofrimento psicológico associado à vivência da situação de infecção e adesão terapeutica, gerando estratégias adaptativas que facilitem o dia-a-dia com a infecção a nível pessoal e relacional.

3. Melhorar a qualidade de vida, através da redução do stress e da ansiedade, melhoria do apoio socual e aumento da auto-estima.

.

Objectivos específicos:

.

1. Fornecer informação actualizada e educar sobre os aspectos multidimensionais relacionados com a saúde e com a infecção pelo VIH.

2. Ensinar técnicas de controlo de stress estimulando processos de auto-influência através, por exemplo, da aprendizagem de métodos de relaxamento eficazes.

3. Promover mecanismos de coping (estratégias cognitivo-emocionais) e estilos de comunicação mais adaptativos, fomentando a procura de novas perspectivas de vida, através de uma melhor utilização (maximização) dos recursos/capacidades do próprio.

4. Desenvolver uma rede de suporte socuial e saber utilizar os recursos da comunidade.

LPCS | Grupos de inter-ajuda